Tendências em Jeans, Denim e Brim
Vicunha Têxtil

SPFW: confira os desfiles apoiados pela Vicunha

27 de Abril de 2018

Na 45ª edição da São Paulo Fashion Week, a Vicunha apoiou algumas das marcas mais expressivas do mercado da moda atual. Entre os dias 21 e 26 de abril, os desfiles de, João Pimenta, Patbo, Gloria Coelho, Cotton Project, AMAPÔ, A.Niemeyer e Samuel Cirnansck anunciaram algumas das tendências da nova temporada.

Confira abaixo como foram os desfiles dos apoiados:

#galeria#

Samuel Cirnansck

O estilista voltou à moda festa nessa temporada. A marca registrada de Samuel seguiu forte, com saias rodadas de tule e silhuetas mais colada no corpo, como no blazer preto em tecido Hanks Plus (9oz). Estampas com brilho na camisa, em bolsas e nos laços foram novidades na passarela.

João Pimenta

Referência em moda masculina, a marca mostrou sua inspiração no surf traduzida em formas amplas e peças utilitárias. Para os looks completos em jeans industrial, o estilista elegeu as sarjas Haiti Plus II (7,5oz) e Stacy (5,8oz), que ajudam a garantir o mood mais cool da coleção.

Nas calças cargo, os brins leves Matheus Plus (3,9oz) e Luca (3,8oz), garantem um shape mais largo às peças - que surgem em tons terrosos mesclados às cores vibrantes. Pensando na prática de esporte nos dias mais frios, JP fez uso dos artigos também em sua camisaria, para garantir todo o conforto a seu surfista urbano.

Patbo

A coleção de Patrícia Bonaldi foi inspirada na mulher livre, que busca autenticidade e absorve diversas influências dos lugares por onde passa. As parkas na sarja Lana Power Plus (8,7oz) com bordados foram a sensação do desfile da estilista, trazendo shapes amplos e o militar, como cor chave para a estação.

Cotton Project

Rafael Varandas a Acácio Mendes traduziram sua coleção em cores rurais, conceitos funcionais e uma estética atemporal, com looks que representam o equilíbrio entre a vida urbana e a natureza. Num momento único, mais heavy e em cores exclusivas, surgem jaquetas e camisas elaboradas com a sarja Baldwin Power (10oz). Foi destaque a jaqueta confeccionada na sarja Madrid (8oz) em dois tons crus e sem lavagem, com enchimento de manta acrílica. A marca também apostou, pela primeira vez, nas calças jeans com lavagem marmorizada. Conhecida por seus jeans básicos, que antes tinham o tecido apenas amaciado, a Cotton Project trouxe o denim Marina Black II (10,3oz) para essa novidade.

A.Niemeyer

Fernanda Niemeyer e Renata Alhadeff seguiram a proposta de bem-estar e conforto, e o denim apareceu como protagonista dos looks, inspirados no inverno de Montauk. O denim premium 100% algodão Bradley (10oz), - típico “authentic jeans” – foi pensado para as jaquetas oversized, macacões e calças de cintura baixa. Para as peças mais fluidas, como camisas, regatas e calças transpassadas, o escolhido foi o denim premium London (5,8oz), que mescla fibras de algodão à fibra de viscose, e apareceu numa versão com lavagem marmorizada.

Gloria Coelho

A renomada estilista fez uma retrospectiva com as peças ícones da marca, ao mesmo tempo em que seguiu uma linha do tempo com pontos altos da moda.  Para construir sua timeline fashion, Gloria trouxe a passarela o tecido Ypoá (7,3oz), que transfere um visual refinado e brilho especial às peças clássicas como capas, jaquetas, calças, vestidos e blazers.

Amapô

A dupla Carô Gold e Pitty Taliani apresentou looks inspirados pelas obras do projeto Assume Vivid Astro Focus, do artista brasileiro Eli Sudbrack. Dentre as colaborações estão o denim Bradley (10oz), que dá um toque vintage às peças. Com lavagem tipo Stone Americana, típica da Amapô, o denim Fred (5,8oz) compôs as peças de patchwork. O brim Hanks Plus (9oz) foi outra escolha para a coleção, que surge tinto em cores exclusivas. A narrativa inesperada da dupla também contou com tecidos tecnológicos da linha Rippel.